De quarentena? Treinar em pequenos espaços nunca tão importante

Com a perca de nossas rotinas de treinamento físico – situações sociais de uma aula regular de exercícios, caminhadas, corridas e treinos com amigos – a falta destes, tem sido um dos estresses impostos pelas restrições do COVID-19. No entanto, manter, ou possivelmente aumentar, seu nível de atividade física parece ainda mais importante do que o habitual diante desse novo coronavírus. Mesmo que  não saibamos como os treinos e exercícios podem afetar no combate contra esse vírus em particular, sabemos que a atividade física regular estimula o sistema imunológico de forma moderada. Há estudos que demonstram que um treino diário de maneira moderada a alta pode reforçar o sistema imunológico. Por isso, um forte sistema imunológico pode ajudar a combater os efeitos de doenças virais.
Então, exercitar-se diariamente trás vários benefícios a todos os sistemas do corpo, desde ossos, músculos, coração e pulmões até o cérebro. Vale ressaltar que aumenta a sensibilidade à insulina e diminui os hormônios do estresse, o que ajuda ainda mais o corpo a combater doenças. O exercício ajuda as pessoas a gerenciar ansiedade e depressão. Mesmo um único exercício pode ajudar para afastar preocupações medos, ansiedades e o tédio devido a quarentena.
Mas como você pode treinar em um espaço confinado e sem acesso às suas máquinas ou aulas de exercícios habituais?

Seja flexível e menos rígido


Mudar seu exercício para sua casa em um espaço confiado pode exigir certa frustração por não conseguir manter o mesmo ritmo de treinamentos como: musculação, exercícios aeróbicos, funcionais entre outros esportes. Nesta época de Coronavírus, seja mais flexível em relação à sua escolha de exercício e menos rígido em manter hábitos anteriores. Tenha em mente que:
  • A mudança pode ser bom ao corpo. Talvez sua atividade habitual seja musculação, ioga, Pilates, ciclismo indoor ou campo de treinamento funcional.  Seu corpo está acostumado aos músculos trabalhados e à intensidade desta atividade. Variar sua escolha de exercício reduz o tédio e diminui sua chance de lesão musculoesquelética devido a movimentos repetitivos. Também pode desenvolver novos grupos musculares.
  • Seus músculos são indiferentes. Músculos não sabem e nem se importam qual tipo de roupa de treino você está vestindo, em qual espaço você está, ou qual tipo de música está tocando. Seus músculos são altamente adaptáveis. Ou seja, se você aplicar uma nova serie de exercícios, aumentar a repetição em fazer agachamentos, seus músculos ficarão mais fortes para permitir que você atenda ao novo requisito. E você pode fazer isso mesmo em uma área muito pequena. Menos peso e mais repetições concentrando o máximo cada repetição de cada exercício, fará seu músculo expandir maneira diferente.

Faça exercícios utilizando seu peso corporal como: flexões, barras, agachamentos, poses de ioga, Pilates entre outros tantos.

Também é muito válido praticar treinos de equilíbrio, tente desafiar o seu equilíbrio de pé e realizar um trabalho de equilíbrio e desenvolver novos grupos de músculos

Faça uma nova rotina de exercícios em casa


Aqui estão quatro maneiras para alterar sua rotina de exercícios durante a pandemia do COVID-19:

  1. Utilize-se de exercícios on-line, se possível em grupo com amigos.  Afinal é importante se socializar enquanto treina e faz novos tipos de exercícios. Procure diferentes tipos de exercícios para realizar em casa que esta a disposição na internet
  2. Considere fazer aulas ao vivo de exercícios on-line, caso sua academia e/ou  personal esteja dando aulas pela internet.  Isso adiciona um pouco de conexão social (peça a um amigo para participar, para que você possa vê-lo na aula). Além disso, para muitos de nós, marcar um horário para uma aula ao vivo melhorará a conformidade em comparação com os vídeos sob demanda, que podem ser assistidos - ou evitados - a qualquer hora do dia.
  3. Sair.  Uma das poucas desculpas para sair de casa, além de obter comida e remédios, é se exercitar. Exposição à natureza é particularmente benéfica para combater a depressão de ficar confiando dentro de casa.
  4. Tente algo novo, em casa, divirta-se. Caso nunca se sentiu à vontade para participar de uma aula de Zumba ou dança, esta pode ser sua oportunidade de experimentá-la em casa sem ninguém por perto. Você pode optar por desligar sua câmera (pelo menos até conseguir os movimentos).

Não se preocupe, caso não esteja indo para academia em perder força ou volume muscular,  pois músculos tem “memória” e muito em breve tudo voltará ao normal.

Mantenha uma dieta saudável, pois neste momento difícil é arriscado fazer dietas mirabolantes para perder peso. Consulte sempre um nutricionista e verifique se necessita de suplementos alimentares e/ou vitaminas caso necessário. A saúde é o mais importante agora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é V Taper ? Você Sabe?

Overtraining é real?

Saiba mais sobre Vitamina C - FAQS