Em tempos de Coronavírus alguns suplementos são de extrema importância para fortalecer seu sistema imunológico.


Suplementos não previnem e não são milagrosos, mas é importante para manter seu organismo fortalecido contra invasores, como vírus, bactérias e diferentes doenças.

Whey Protein

Whey Protein proteína do soro do leite é muito utilizado por atletas, mas qualquer pessoa pode tomar de maneira moderada, pois é repleto de nutrientes. A proteína do soro de leite, Whey, auxilia na produção de anticorpos, em especial das imunoglobulinas. 
Whey protein é um suplemento alimentar, ou seja um alimento à base de proteínas do soro de leite, que fornece também substratos para as defesas do organismo.
Indicado como pró-nutrição de atletas, pessoas desnutridas, com baixa imunidade e também para pessoas saudáveis de forma moderada.


Multivitamínico

Como o próprio nome diz é um complexo vitamínico com diversas vitaminas e minerais. Esse suplemento está presente tanto na rotina de atletas de alta performance como em pessoas com baixa imunidade, com falta de vitaminas e minerais.
A importância de tomar multivitamínicos para aumentar a imunidade para defesa do organismo é primordial, principalmente diante desta pandemia de Coronavírus.

ZMA

Suplemento importante à base de zinco, magnésio, cromo e vitamina B6. 
O Zinco e Magnésio são minerais importantes relacionados à redução da tolerância ao exercício e também à redução do sistema imune. Fortalece, inclusive,  o organismo contra pneumonia e asmas. Várias pesquisas apontaram para a queda nas concentrações destes nutrientes no sangue e nos tecidos após o treinamento e a competição. Por isso, a suplementação com ZMA pode ser uma excelente estratégia para garantir a atuação do sistema imunitário.

Glutamina

A glutamina é um aminoácido também usado no tratamento e na recuperação pós-operatória. No contexto da atividade física, esse suplemento atua na redução do estresse oxidativo e na recuperação muscular. A glutamina também ajuda na recuperação do sistema imune justamente por esse efeito. Ela oferece o glicogênio usado pelo tecido muscular e pode ser uma grande aliada para uma saúde plena.
A glutamina fortalece as células dos intestinos grosso e delgado, os enterócitos. Estas células reduzem a permeabilidade intestinal e dificultam a absorção de organismos causadores de doenças, como vírus e bactérias.
A glutamina age preservando a função imune, como fonte energética para células de defesa do organismo, linfócitos, e para precursores de citocinas, que estão envolvidas no processo de resposta imune.


No entanto, é preciso frisar que todos os suplementos alimentares não previnem doenças e não podem ser consumidos em substituição de uma alimentação saudável.
*Consulte sempre um nutricionista ou profissional da saúde.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Overtraining é real?

Smoothie para reforçar sistema imunológico

QUAL MELHOR WHEY WOMAN - FEMININO?